Follow by Email

quinta-feira, 5 de março de 2015

Afinal quem é igual?

Estamos acostumados a ouvir falar muito sobre diferenças,racismos,intolerâncias.... e todo o tipo de preconceitos .....
Mas afinal será que estamos criando nossos filhos para conviver com diferenças?
Há um tempo atrás, coloquei meus filhos em uma escolinha de futebol,sem pretensões apenas para  a pratica de esportes pois acho muito importante para eles,no começo tudo ia bem,até que meu filho mais velho começou a arrumar desculpas,um dia o problema era da chuteira outro do meião.....e por ai vai....até que um dia ele me pediu :"PELO AMOR DE DEUS!ME TIRE DO FUTEBOL!",como o pequeno ia sem problemas tirei o mais velho e passei observar melhor o que estava acontecendo.
O que eu notei,é que os próprios professores incentivavam as discriminações:quem jogava melhor eram convidados para campeonatos,tinham a atenção dos professores,quem era ruim de bola(como eles diziam),eram deixados de lado,os coleguinhas,riam deles.
Tentei conversar com os professores sobre isto,e eles falaram que não tinham como controlar as crianças, que eles são assim mesmo,como assim? E´ normal crianças ficarem rindo dos outros porque  se julgam melhores?
Como disse não tinha pretensão que eles se tornarem profissionais, apenas que  eles  praticassem um esporte se divertirem.
Tirei eles do futebol,e fui a procura de outro esporte,o ano passado,coloquei eles para treinar atletismo, com a professora Sonia e o professor Gibi em Paulínia. .
Lá as  crianças são todas especiais, como uma amiguinha que tem síndrome de down ,outro que não tem uma parte do braço,um hiperativo,e minhas crianças e outras crianças que tem mães e pais que acreditam  que todos são especiais ,todos  são só crianças,independentes das diferenças, que rir das diferenças dos outros,não é legal!Que cada um tem seu tempo,suas diferenças, que um pode ser melhor em determinada coisa e pior em outras.
O QUE TORNA MEU FILHO NORMAL! MEUS FILHOS SÃO ESPECIAIS!
E espero que eles aprendam  que  minguem é igual,por isto respeitem as diferenças.
Parabéns Sonia e Gibi ,e o meu respeito por vocês,que ensinam não apenas um  esporte,mas nos ajudam a criar um futuro melhor!
.